domingo, 7 de abril de 2013



"Se tem um lugar onde não levo meu coração pra passear
É próximo aos corações vazios
Não exijo o amor de ninguém
Não exijo Atenção
Não exijo carinho
Mas tenho o direito de exigir de mim 
A companhia de quem me faz bem
de amores sinceros 
e Recíprocos.
Me entrego, e me entregarei
Até eu achar que não me serve mais.
Não, servir de bajular, de fazer.
Servir de sentimentos. 
Transbordar de felicidade
A felicidade compartilhada tem hora e data marcada.
E aqui, eu tenho um relógio que sempre desperta na hora certa.
Ele despertou, 
Lá se foi o amor!"

"O Poeta calou
O coração já não chora
Reaprende a sorrir
Palavras emudeceram
Ele não Sofre
Ele não sente
Ele não Vê

O Poeta Mudou
Tem medo
Não quer mais sentir

O Poeta Voou
Se escondeu
Se perdeu
Já não mora mais aqui"
"E como eu posso querer voltar a sentir
Se sempre que sinto Dói tanto?!"

terça-feira, 19 de junho de 2012

Não sabemos ...


"Não entendo esse não conhecer
essa ideia de não saber quem somos
Não sabemos.
Estamos sempre nessa busca 
De sentimentos que já existiram 
e na surpresa de sentimentos que acabaram de nascer
Não sei mais.
Não sei que cor ainda brilha
Não sei que sapato não quero mais
Não sei que beijo sinto saudade
Sei que me surpreendi
Com a ideia de não ser quem eu sempre achei que fosse!"

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Queria ...


"Queria ser diferente
Queria seguir em frente
E não olhar pra trás
Queria estar livre de todos os apegos
E Saudades que meu coração
Insiste em sentir
Queria ter uma borracha que apagasse toda essa dor
Que ainda existe dentro de mim
Queria,
Queria que as coisas fossem perfeitas
e que nunca existisse o Adeus
Que os amores sempre fossem sinceros e verdadeiros
E que houvesse um encaixe que durasse pra sempre
Queria.
Ah, como eu queria!
Entender por que o tempo 
não me leva pra um lugar melhor, 
e mais aconchegante
E me tira dessa tortura que se tornou os meus dias..."

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Amores Finitos



"O Amor sempre começa bem
A saudade chega rápido
Os olhares se cruzam 
com uma vontade descontrolada de querer se tocar
A boca quer ser beijada
O Corpo pede o Calor
Tudo é facil entender
Não existe discussão
Tudo é perfeito
A imperfeição 
Vem com o Tempo
O tempo que mostra os vícios
Os erros já passados
As Histórias já vividas
que insistem em se fazer presente 
Brigas,
Choro, discórdia
Corações que amam diferente
Histórias complicadas que se cruzam 
E que não conseguem sobreviver juntas
Dor
A ideia de que era a pessoa certa,
num inicio perfeito,
faz com que o sofrimento seja maior
Pois a vontade de ter é maior do que o Perder
Acabou, 
acabou o tempo
Acabou a história
Acabou a oportunidade de crescimento
Acabou.
Fica a Solidão.
Solidão de aprender e ser só.
Reaprender que o mundo também pode ser bom, 
mesmo estando Sozinho.
E sempre viverá,  
permanecerá a incerteza 
de não saber se teria dado certo 
Se fosse diferente!"

quinta-feira, 12 de abril de 2012

"-Hey! Me dê um gole disso que você bebeu e que apagou a memória do teu coração."


terça-feira, 27 de março de 2012

Conto


Já nasci perdida de mim
fora da realidade
Num mundo de sonhos e fantasias.
De um conto de fadas
Vim da ilusão
Sou sonho
Sou amor
Sou desejo
Sou o inalcansável
Dentro de mim
Desabrocha alguém 
Que ainda não conheço
Outra
Outra metade
Outra arte.
Outro EU que vem fazer parte do livro
que escrevo dentro de mim
Que me conta e me esconde
Que me transforma naquela 
Que eu quero ser
Quando tiver afim....

domingo, 25 de março de 2012

Haverá



"Haverá alguém melhor do que eu
Que te fará rir mais
E te beijará com mais intensidade
Haverá alguém que te falará coisas carinhosas
Não sentirá ciúmes bobo
E vai te ligar toda noite antes de dormir
Haverá alguém que te fará feliz
Que fará parte dos teus pensamentos durante o dia
e dos teus sonhos durante a noite
Haverá alguém
Simplesmente haverá
Um Alguém
Que vai estar no meu lugar
Te dizendo tudo que eu queria te dizer
Te amando como eu queria poder te amar
Haverá...
E depois virão outras,
Que farão tudo que fiz
Talvez você nunca mais lembre
Talvez você já nem saiba
Mas um dia houve alguém
Um dia
Alguém que chorou ao te ouvir 
Que sorriu com o teu olhar
Alguém que Não queria te deixar partir
Quando era só isso que a vida podia lhe dar.

Haverá alguém
Que não vai te amar a metade 
Do quanto ainda te amo..."

quarta-feira, 14 de março de 2012

Muros


"Aos poucos vou derrubando os muros
que me impediam de sair
Muros da incerteza
muros que queriam esconder-me de mim
Muros que criei
Aos poucos vou reaparecendo
Tornando viva novamente 
essa imagem que apenas
Eu consigo ver
Este Eu que, 
tantos acham que conhecem
Tantos julgam
Outros não gostam
Muitos nem sabem que existe
Este EU
Que a própria palavra descreve
como algo fora da normalidade
e do entendimento de qualquer 
outro Nós que apareça
Por que o Nós nunca será EU
O Eu, transcende o tempo
é inalcançável
Por que permite que EU seja 
Apenas EU."

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Em mim..

"Que os poemas de minh'alma 
Sempre falem mais alto
Que os gritos da minha razão
Para que eu possa sempre ser a paixão
Mesmo que as escritas 
As vezes fiquem tristes
Ou Vazias
Que sejam sinceras
Assim como é meu sorriso
Que não é falso
Que não é feliz
Sorriso, apenas riso
De quem ama
De quem erra
De alguém não sabe quem é
Mas sabe tudo que sentiu!"

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Complexidade



"E, se eu escrever sobre o que tô sentindo 
e não for o que você quer ouvir?
O que vai acontecer
Entre eu e você?
entre nós?
...O dois que se completa
na imperfeição de não se parecer sempre
O que?
Se eu digo o que quero e te aflinjo
Se não digo nada fico aflita
Nessa complicação descomplicada 
de querer se completar 
na complexidade de estar apaixonado 
sem querer se machucar
me pergunto:
-Quantos momentos de aflição 
sem saber a direção 
ainda teremos que passar?"

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Odeio



"Odeio a fragilidade de ser um ser humano 
frágil o tempo inteiro
Odeio o ser, 
O estar diante de tudo 
Que não era pra fazer parte
de uma vida que agora é minha vida
Odeio odiar tanto, 
Tantas coisas sem conseguir resolve-las
Odeio quando me perco 
Odeio quando me acho
Odeio quando Estou.
Odeio.
Odeio com tanta intensidade
Que quanto mais odeio 
Mais aprendo a Amar."

sábado, 13 de agosto de 2011

Eu sei, eu te quero...


"Você pode até me dizer que não
Que não sabe, que não quer
Mas eu quero.
Eu sei o que quero.
Eu te espero.
Mesmo que seja no eterno
no tempo mais infinito da espera
No mundo mais iludido da ilusão
Eu te espero
Nem que eu envelheça na saudade
daqueles beijos que um dia foram meus
Eu te espero.
Seja por milhoes de vidas
seja por uma encarnação
Meu coração é teu
Meu corpo é teu
E nada me fará desistir 
Dessa certeza de que é aqui
É em mim que você vai ser feliz."

quinta-feira, 28 de julho de 2011

A dor da Saudade


"E então bate aquela saudade
te busco nas melodias tristes
dos cantores sofridos
e nos acordes menores 
que falam de dor
É a dor da Saudade
Que invade meu peito te procurando
Nas paredes vazias do meu quarto
E te buscam no vento frio do inverno
que me lembra teu abraço quente
teu beijo silencioso
que sempre me conta
os segredos da tua alma
e fala das dores que te invadem
Eu não te encontro
Porque não estás aqui
Não estás perto
Estás distante
Mais distante do que nunca
Numa distância incontada 
pelos quilômetros das estradas
Naquela distância que separa os corações
Mas que nem físicos, 
nem engenheiros, 
nem matemáticos
Conseguirão um dia Calcular"

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Solitária...


"A solidão me Maltrata
O Medo
A procura pelo perfeito
A carência exagerada
Me domina
Faz parte de mim
De um EU que aperece
Sempre quando fico assim
Assim Sei lá
Assim, meio, mais ou menos
É a solidão
Que existe dentro de mim
Me pertence
Se esconde
e não Sumirá
Pra sempre num "EU"
Que nunca terá fim."

quarta-feira, 1 de junho de 2011

E...


... quando você me olha 
com estes olhos de paixão 
meu coração pára por alguns segundos
 e volta a bater descompassado
como se fosse saltar pela minha boca
e sair correndo de encontro ao seu. 
Então com a respiração ofegante 
olho nestes teus olhos brilhantes 
e te digo o quanto EU TE QUERO 
Amor meu!

domingo, 8 de maio de 2011

Mãe




Ô Mãe
Como posso te agradecer em simples palavras 
pelo que me fizestes durante toda a minha vida?
Teu amor infinito, sem medida
Teu amor sublime,
Que está sempre presente 
Quando preciso de carinho, de compreensão
 De uma palavra amiga pra acalmar meu coração.

Estes teus olhos que me amam 
Até quanto te tiro do sério.
Que me vêem bela. 
Que entendem a minha beleza interior... 
Bem antes de ver se minha roupa tá combinando 
Ou se eu acordei há pouco com a cara amassada.
Ahhh Mãe.
Tu sempre tem paciência pra entender o meu mundo. 
Pra compreender minhas escolhas.
E pra mudar de ideia quando elas vão de encontro as suas.
Não sei como te agradecer.. 
Por que simples palavras 
Nunca serão suficientes pra expressar 
O meu sentimento por ti.
Mãe! 
Tu que vives por mim, 
que briga por mim, 
Que chora, por mim.
Tu que aceitou entregar tua vida pela minha.
És tu mãe.. o verdadeiro sentido do Amor. 
És tu mãe. 
A Criatura mais abençoada que Deus enviou à terra.
Um Anjo perfeito. 
Anjo que protege, que ama, que cuida, que compreende. 
Anjo Que deu sua vida por mim. 
Aquele Anjo que sempre terá esperança que o melhor sempre virá.. 
E que mesmo quando todos já estiverem desacreditados em mim
Eu sei que é você quem estará do  meu lado 
Segurando minha mão
E me dizendo o que tudo vai dar Certo.


Obrigado Mãe. 
Obrigado por aceitar ser minha Mãe.
E por me ensinar o verdadeiro sentido do 
AMOR.

EU TE AMO!

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Somos UM

Hoje eu te sinto em mim
Como há tanto tempo
Quando nos tornamos UM

Hoje eu te sinto
Te admiro, e te quero bem
Você me traz a paz que me tranquiliza
e a certeza de uma vida mais bonita

Já sinto o Amor,
o mesmo Amor que juramos na eternidade.
Ele está aceso dentro de mim
Junto à lembrança dos teus olhos
do teu riso, da tua pele, do teu cheiro

Você está em mim
Você nunca saiu de mim 
Por que somos UM
E nos reencontramos
Para vivermos felizes até o Fim.

quinta-feira, 31 de março de 2011

Livre pra sentir



"Sou assim, livre pra sentir. Livre. Sem máscaras. 
Na transparente verdade de ser a mesma sempre."


quarta-feira, 16 de março de 2011

Encontro


"Nessa busca incessante de te encontrar
Me perdi de encontro ao teu olhar"

Ilusão..


"Era como se eu implorasse pelo teu amor 
e ele nunca chegasse
Nos abraços, nos olhares.
Te sentir sem que precisasse
Mas você não estava ali
Você nunca esteve ali.
Tudo foi apenas a ilusão que me fez iludir."

sábado, 12 de março de 2011

Por Querer


"Te olho nos olhos
e te quero tanto
Tanto que tenho medo de te querer
Te quero perto
Te quero presente
Te quero por te querer
Quero teu riso sincero
Teu olhar tranquilo
Tua boca gostosa
Teu coração de menino
Quero você
Seja como for
Seja onde for
Te quero, simples assim
Por Querer"

Mulher



Nascemos para amar
Somos a fonte da vida
Rimos, choramos, brigamos
Com a delicadeza de uma flor
Somos Mulheres
Fortes, guerreiras, simples, mortais
Somos Mulheres que aprendem
No amor e na dor
Somos a fonte do amor de DEUS.

Feliz dia da Mulher

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Diga





Chegue com arroubo
Me iluda, me confunda, permaneça
Me abrace como se o mundo tivesse a acabar
Me beije, construa em mim o poder de te amar
Quero te querer pra sempre, pela eternidade,
Conhecer tua intimidade
e fazer parte da tua verdade
Diga que me ama, diga que me deseja.
Diga que me quer
Permaneça
Nunca me deixe, me ame como se fosse a Ultima Mulher!

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Me olha...

Eu não quero nada que não seja meu
Mas me olha de Novo
Ao menos me diz que já me esqueceu
Não sei onde estás
Talvez tenhas o que tinha em mim
Mas me Olha de novo
Me fala das Aulas, dos amigos, da vida
E apaga esse silêncio que queima meus ouvidos
Toda vez que tento te reencontrar
Vem fazer barulho dentro de mim
Vem sorrir comigo
Mas não demora
Que o trem já vai me levar!

domingo, 24 de outubro de 2010

Paz..

"Acho que agora achei a paz
Mesmo essa dor que não curava
Hoje começa a passar"

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Feliz dia das Crianças!

"Te Amo


... no Silêncio da Minha Saudade!"

Eles

"Eles são tristes
Eles não tem Nada!
Ele não tem Fé!
Ele Só tem Mágoa!"

Meus Poetas

Meus poetas morreram na solidão
Escondidos dentro de si
Desenganados, solitários
Perdidos no mundo da ilusão

Meus poetas morreram na dor
Acreditando na Magia do amor
Foram esmagados, reprimidos
Desacreditados

Morreram na desilusão
Perderam-se no tempo
Sumiram nas trevas
Meus poetas morreram
Acreditando no Amor

domingo, 19 de setembro de 2010

E quando eu Canto...



"E quando eu canto, minha alma renasce, meu coração palpita, e sinto a vida se transformar em Magia!"

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Ainda Sinto

Impossível não sentir falta.
Impossível não querer reviver.
Talvez isso seja apenas
algo que esteja iludindo.
Talvez até tudo tenha sido uma mentira,
ou algo que inventei,
inventamos,
não sei.
Mas eu ainda sinto.
Sinto em mim.
Sinto na saudade.
Sinto na Solidão.
Sinto.
Simplesmente sinto.
E mais ainda,
sinto na falta que faz
aquela que eu era enquanto juntos estávamos.
Aquela que não vejo mais,
não conheço mais,
não sei onde se escondeu.
Saudade de tudo.
Saudade de ti.
Saudade de nós!

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Preso em Mim!



"Por que não consigo te tirar de mim
Vives preso ao que eu criei
Preso ao que eu vivi
Você sabe o que eu sinto
Você sabe o que eu sou
Talvez seja isso
Um medo de ser quem somos juntos
Talvez não seja nada
acho até que nunca fomos."

terça-feira, 20 de julho de 2010

Tudo vai, tudo volta.


O mundo não pára,


As coisas giram


Tudo muda.


E volta ser como era antes.


A vida anda em círculos


Tudo volta a ser como era antes


Só mudam as pessoas


Permanecem os problemas


Quando vai acabar?


Quando vai ser diferente?


Nem quero saber!


Talvez nem queira mais viver!


Não dessa forma, não nesse mundo.


Vou mudar de mundo, de planeta, de região.


Vou mudar de amigos, mudar de estilo, mudar minha vida pra sempre.


Tudo isso é uma mentira.


Que conto pra mim todos os dias.


Pra tentar superar o que não tem superação


Talvez seja destino, ou superstição


Talvez seja azar, talvez não seja nada


Mas faz Mal pro meu coração!

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Instintos


É impressionante como somos capazes de nos surpreendermos
O instinto é traiçoeiro
É traidor
Mas quem é capaz de dete-lo?
A razão?
Não!
Ela sempre perde o raciocinio
quando a emoção me invade
Será que sou feita apenas para sentir?
Sentir tesão, sentir amor, sentir paixão
Sentir tudo que não é tocável.
Será?
Será que vou acabar sempre
fazendo o que não é viável?
INSTINTOS
Tenho medo dos meus.

quinta-feira, 15 de julho de 2010